Academia CBN - Mario Sergio Cortella

by CBN · · · · 11 subscribers

Reflexões e provocações sobre o cotidiano e as relações humanas.

Arrogância é sempre perigosa nesta hora e é preciso ter cautela. “Mesmo no trono mais alto do mundo, o único lugar em que se senta é sobre o próprio traseiro”.

more...


Tags: arnaldo jabor, sardenberg, halfeld, mauro halfeld, news, carlos alberto sardenberg, miriam leitao

Older Episodes

Alguns combustíveis dão tanta energia para algumas pessoas, que elas começam com seus feitos heroicos e promessas de amor e amizade intensas. “Quando os homens bebem, ai sim ficam ricos, vão bem nos negócios, ganham as causas, são felizes e ajudam os amigos”.
A ideia do "dói mas passa. E fica bom". Algumas pessoas sentem prazer em ter doído, não só de ter passado. É por essa razão que expressam o seu martírio como seu troféu
Estratégia é desfrutar um do outro para fazer o próximo pensar que é ele que está sendo servido. O oportunismo sagaz dos políticos é uma inversão ética, que usa o poder para ludibriar.
Ruy Barbosa sustenta a tese considerando que a democracia pode se reinventar a qualquer momento. Vale lembrar resgatar o pensamento nesse dia 7 de setembro, que marca a transformação do Brasil em uma sociedade independente.
Gente que explica a si mesma pelo sofrimento. A própria racionalidade de sua vida é colocada porque ela sofre. "Há pessoas que encontram na penumbra uma das maneiras de justificar seu modo de ação ou a ausência de ação".
É mais fácil atacar aquele que está enfraquecido, que perdeu vitalidade. Em português, há a expressão “chutar cachorro morto”, que ilustra essa ideia. “Quem perdeu a autoridade que tinha antes, na desgraça torna-se alvo até dos covardes”.
O mundo inteiro lamenta o que foi perdido no incêndio e boa parte de nós nem podia supor que isso estava aqui entre nós. "É surpreendente que não fizéssemos filas diárias no Museu Nacional".
O rodízio é calmante, uma alternância saudável, e promove um descanso para a mente.
Não é o fato de alguém ser mais ruidoso que faz com que isso indique uma preocupação que seja sincera. Pode ser apenas um sinal de um modo de comunicação que acaba se afirmando pela capacidade de ser enfático.
É de uma clareza estupenda dizer "o espetáculo terminou" como as últimas palavras de sua vida. Mas também pode ser uma petulância.
STF vai julgar se pais podem educar o filho em casa. A ideia de escolarização doméstica poderá vir a ser um direito, mas não é recomendável. A família protege a criança das “más influências”, mas limita a formação porque essa criança, um dia, sairá de casa e conviverá com o ...
A recusa da mortalidade Aug. 30, 2018
A arte consegue, por meio de todas as suas manifestações, enfrentar a mortalidade. “De minha parte, peço que me levem ao cemitério em um caminhão de mudança”. Frase é genial e propõe uma bela reflexão.
Quando alguém escreve um livro ou publica um artigo, deseja que ele faça sucesso. Algo pode ser bem sucedido porque todos leem, ou então porque ninguém lê. Os dois lados tem sua percepção.
Há quem não se contente em estar certo, mas espera esmagar a outra pessoa. Isso é algo que tem força de anulação e não de incentivo ao debate.
Quando vemos pessoas falando sobre decência e combate à corrupção, pode-se entender isso como uma prática cínica. Entretanto, há pessoas que criticam a injustiça porque não querem sofrê-la.
Uma das coisas mais complicadas para quem precisa controlar o peso é lidar com tempo desocupado. Noção já fazia parte da Grécia antiga, quando o poeta Hesíodo cunhou que a fome é companheira do homem ocioso.
Frase da poetista grega Safo, que disse que 'o ciumento sempre encontra mais do que procura' reforça máxima de que quem procura acha. Conselho vale em várias circunstâncias, desde relacionamentos afetivos até cuidado com a própria saúde.
Vencer é bom demais, mas o que vem depois dela? Nesse caso, vale uma reflexão de Winston Churchill, que disse, em 1942: os problemas da vitória são mais agradáveis que os da derrota, mas não são menos difíceis.
Não se pode o tempo todo dizer o que pensa. Você acaba dizendo o que não deve, o que não é adequado.