Mundo Corporativo

by CBN · · · · 16 subscribers

Comentários de Carlos Julio, Jaime Troiano e Cecília Russo, Leny Kyrillos, Luis Rasquilha, Max Gehringer, Sandra Boccia, além de entrevistas feitas por Mílton Jung.

Revelações foram feitas pelo The New York Times. Entre os acusados estaria o criador do sistema Android que, segundo a publicação, recebeu 90 milhões de dólares em sua rescisão. Empresa anunciou que demitiu 48 funcionários por denúncias desse gênero nos últimos dois anos.

more...


Tags: arnaldo jabor, sardenberg, halfeld, mauro halfeld, news, carlos alberto sardenberg, miriam leitao, corporativo

Older Episodes

O empresário e professor de programação neurolinguística Sam Jolen lembra que, na maior parte das vezes, nossa metas profissionais e pessoais são traçadas por conformidade social. A partir do momento em que decidimos fazer o que realmente interessa para a nossa vida, devemos traçar estratégias para processar informações e lidar ...
As pessoas gostam de estar ao lado de marcas vencedoras, e comemorar um aniversário é marcar um avanço na sua história. Esse também é um excelente momento para reiterar os laços criados com os clientes.
Um meme que está circulando nas redes nos últimos dias retrata bem os tempos que estamos vivendo. Ele diz: ‘se você ainda não brigou na sua família por causa das eleições, fique tranquilo que ainda dá tempo’. As pessoas estão se dividindo, estão muito polarizadas. Tem gente que não discute ...
Mas existem regras internas para alertar sobre avaliação negativa. O empregado, quando decide pedir conta, também não precisa explicar os motivos ou para onde vai.
Como lidar com a liberalidade masculina na empresa? Se os funcionários têm o hábito de tocar no ombro ou no braço do colega ao conversar, é preciso avisar ao candidato à vaga qual é o ambiente de trabalho.
Marca não é tapume: o “dentro” e o “fora” da empresa são uma coisa só. Hoje, marcas são vitrines, onde todos os lados veem o que se passa do outro. Tapumes escondem, marcas revelam.
Citar nomes de empresas envolvidas em negócios e atitudes que serão tomadas em público causa constrangimento às pessoas ao redor que podem ser parte interessada. Ao falar o nome do cliente e da empresa ao telefone é preciso ter cuidado.
Pessoas normais se entendem em conversas sem atrito. Mas pessoas jovens e imaturas podem não estar preparadas. Tente escrever para ele e, se não adiantar, saia em busca de outro chefe.
Boatos são venenos corrosivos que surgem por falta de informação. A solução é dizer a verdade aos funcionários e explicar situação crítica.
Pode ser que o entrevistador estivesse em um mal dia ou simplesmente não se esforçou para fazer com que o candidato se sentisse atraído. Se não houver como tirar a dúvida, confie em seu instinto, agradeça e recuse.
Senso comum diz que mulheres não alcançam melhores cargos e salários por causa da maternidade e por falta de interesse de crescer na empresa. Mas isso não é verdade.
Martha Gabriel, autora do livro 'Você, eu e os robôs: pequeno manual do Mundo Digital' falou sobre as perspectivas para a revolução digital e as oportunidades que essa nova fase pode proporcionar.
Quando falamos em determinado tipo de produto, qual é a primeira marca que vem à sua cabeça? Isso é resultado, entre outros fatores, de investimento em comunicação.
Pesquisa mostrou que, por outro lado, em um ambiente hostil, gastamos nossa energia buscando nos sentir protegidos e produzimos hormônios do estresse - adrenalina e cortisol.
O achatamento salarial é o segundo pior efeito de uma crise. O primeiro é o índice de desemprego. A média salarial voltará a subir quando faltarem candidatos a emprego para as vagas que serão abertas. Ou seja, primeiro o desemprego precisa cair, para depois os salários crescerem.
Branding é verbo e precisa de ações para que ganhe vida. De nada adianta boas estratégias se elas não saem do papel. Viram apenas mais um quadrinho na parede.
Ao passar informações a um grupo heterogêneo de pessoas, você poderia estar revelando segredos industriais e dados confidenciais que sua empresa quer preservar. É ela que deve preparar um esclarecimento público, se achar necessário. Por outro lado, a empresa já deveria ter informado os funcionários como proceder se eles receberem ...
Um empresário do varejo disse que ainda faz tabloides impressos com anúncios de ofertas de produtos de sua rede. A dúvida dele é se vale a pena seguir com esse tipo de divulgação em plena era digital. Entenda no comentário.
Qualquer processo de avaliação não deve ser unilateral. Isso está fora de mora. Mas fique atento às críticas.